quarta-feira, 16 de março de 2011

Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição em Pompéu

Matriz de Pompéu - Década de 1940 - APHC
As religiões são instituições de suma importância para a formação da sociedade e sua identidade cultural, sobretudo em questões de conforto da alma em todos os momentos de dificuldade em nossas vidas. A igreja Católica é uma das grandes detentoras do patrimônio histórico deste país, com suas igrejas, colégios, palácios Episcopais, dentre outras edificações que foram construídas para engrandecer o Santo Nome de Nosso Senhor Jesus Cristo e Sua Igreja. Este patrimônio tem grande valor para nossas tradições e devem ser  preservadas por toda posteridade.
Como não poderia ser diferente, um dos principais cartões-postais de nosso município é nossa Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, sede da paróquia com o mesmo nome.
Os dados referentes ao início de sua construção são poucos e confusos. Sabe-se que a primeira igreja de Pompéu fora construída dentro de cemitério local, onde, na década de 1960 foi erguida a Santa Casa de Misericórdia. O terreno havia sido doado por Dona Joana Evangelista(a quem Pompéu nunca soube devotar devida homenagem).
No ano de 1864 encontramos referências claras de sua fundação. É claro que não era a mesma igreja que vemos hoje, mas uma bem menor com um estilo um pouco discrepante do atual. A primeira foto desta edição é da década de 1930, e certamente foi tirada após a reforma em que o arquiteto de Belo Horizonte, Dr. Pimentel construiu a atual fachada com duas torres  ecléticas(pois trás vários estilos, como o gótico e o clássico) e um belíssimo portal de colunas coríntias. Já na segunda fotografia observamos ao fundo as sacadas na lateral tendo embaixo pequenas janelas, que durante a grande reforma em que Padre Geraldo Carvalho empreendeu em 2005 foram redescobertas com muita surpresa. Chamo a atenção para as janelas que eram de madeira  no alto das torres, que existiam na época, devido talvez à falta de sinos. A praça era um grande paço onde reinava a bela igreja um cruzeiro(que hoje  encontra-se, em parte na porta do cemitério) ladeado por duas palmeiras.


Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição - Década de 1940 - APHC

O querido povo de Pompéu, independentemente de seu credo religioso deve proteger esta bela obra que pertence a todos. Sede do sacrifício da missa, de grandes eventos como a Semana Santa,  batizados, primeiras-comunhões e casamentos de nossos bisavós, avós, pais e poderá ser dos filhos e netos de vários pompeanos que correm à casa da Mãe para pedi-la que interceda junto ao Seu Filho por todos nós.

Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição - 2009 - APHC


Vista interna da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição - Altar-Mor -  2009 - APHC

Nenhum comentário:

Postar um comentário